CTG Brasil realiza testes de equipamentos de descarga das Usinas do Rio Paranapanema

Escoar a água de reservatórios hidrelétricos é um procedimento normal e necessário para controle de nível no período chuvoso. Para verificar os órgãos de descarga (vertedouros, dutos e comportas) das usinas e garantir que eles estão funcionando adequadamente, a CTG Brasil realizará, entre os dias 5 e 24 de outubro, testes e inspeções nas Usinas Jurumirim, Chavantes, Salto Grande, Canoas II, Canoas I, Capivara, Taquarucu e Rosana, todas no rio Paranapanema.

Por conta dos testes, nesse período haverá abertura de comportas, mas é importante ressaltar que a operação é feita pensando na segurança das comunidades ribeirinhas. Por isso, vale reforçar que os testes não vão afetar o dia a dia de quem mora no entorno dos reservatórios, já que as aberturas de comportas não serão significativas e as variações de nível serão mínimas.

“É uma preparação importante que antecede o período das chuvas, que vai de novembro a abril. O objetivo é assegurar que os mecanismos e sistemas de descarga das usinas estejam em condições ideais de operação, para quando precisarem ser ativados”, explica Evandro Vasconcelos, vice-presidente de Geração da CTG Brasil.

Ainda no período que antecede a estação chuvosa, a CTG Brasil promoverá reuniões em municípios vizinhos às Usinas do Paranapanema para expor a operação das hidrelétricas e reservatórios e explicar o Sistema de Operação em Situação de Emergência (SOSEm), um conjunto de normas e procedimentos de operação e de manutenção para os períodos de secas e de cheias.

Para atender os moradores da Bacia do Paranapanema, a CTG Brasil disponibiliza o canal Telecheia (0800-770 2428), um atendimento telefônico que funciona todos os dias, 24 horas, com informações sobre as vazões do Rio Paranapanema.