CTG Brasil solta 105 mil peixes no reservatório da Usina Ilha Solteira

A CTG Brasil soltou, nesta sexta-feira (8/2), 105 mil alevinos das espécies pacu e curimbatás no rio São José dos Dourados, na região do reservatório da Usina Ilha Solteira. O prefeito de Ilha Solteira, Otávio Gomes, esteve no local para acompanhar a soltura, junto com a equipe técnica da empresa.

A ação faz parte do Programa de Manejo e Conservação da Ictiofauna, realizado pela CTG Brasil com o objetivo de repovoar e garantir a diversidade de peixes nos reservatórios das hidrelétricas Jupiá e Ilha Solteira por meio da produção e soltura de espécies nativas. Os dois reservatórios recebem, todos os anos, 2,1 milhões de peixes. Os pontos de soltura são autorizados e determinados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

As espécies nativas utilizadas nas solturas são produzidas na Estação de Hidrobiologia e Aquicultura mantida pela CTG Brasil em Salto Grande (SP). O laboratório para reprodução de peixes ocupa uma área de 22 mil metros quadrados. No local, também são desenvolvidas pesquisas, em parceria com universidades. Além de Jupiá e Ilha Solteira, a Estação é responsável pela soltura de 1,5 milhão de alevinos, por ano, nos oito reservatórios controlados pela empresa no rio Paranapanema.