Peça infantil sobre aquecimento global visita 31 cidades

Alunos de escolas públicas de 31 cidades vizinhas das usinas hidrelétricas administradas pela CTG Brasil irão assistir a um espetáculo divertido sobre um assunto importante: o aquecimento global. De 14 de agosto a 6 de setembro, a peça “A Ursa Rosa em Projeto Iceberg – Entendendo as Mudanças Climáticas” circula pelos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Goiás abordando os riscos para o planeta decorrentes das alterações na natureza.

Com uma abordagem leve e didática, a peça faz parte do projeto “Diverte Teatro Viajante”, que tem patrocínio da CTG Brasil, via Lei Rouanet, e realização da Ciência Divertida Brasil – empresa líder em atividades teatrais interativas para público de 4 a 17 anos. No ano passado, também sob o patrocínio da empresa, o espetáculo circulou em 40 municípios paulistas e paranaenses na região das hidrelétricas do Rio Paranapanema, alcançando cerca de 8.000 crianças.

De acordo com a diretora de Marca, Comunicação e Sustentabilidade da CTG Brasil, Salete da Hora, a companhia participa da vida dos municípios vizinhos aos seus empreendimentos também por meio dos projetos culturais, esportivos, sociais e de educação ambiental que apoia visando contribuir com o desenvolvimento local. “Essa proximidade com as comunidades é muito importante para nós”, ressalta.

Espetáculo interativo

Ursa Rosa, que mora no Polo Norte, pede socorro ao ver o gelo derretendo e o nível do mar, subindo. Cientistas recebem a mensagem e convidam a plateia a pensar sobre as mudanças climáticas que afetam a Terra e colocam em risco a vida da ursa e de todos os seres vivos.

Com uma linguagem simples, muita interação com o público e experiências científicas no palco, a peça sobre as mudanças climáticas torna o assunto acessível e interessante. “O Projeto Iceberg foca em entreter e ensinar o público infanto-juvenil, integrando a plateia na atuação e nas vivências do espetáculo”, diz o diretor da Ciência Divertida, Júlio Martinez. “Os alunos entendem a importância de discutir o aquecimento global, conseguem compreender o tema de uma maneira mais clara, participam e refletem sobre aquilo”, complementa.